Como se sair bem na reunião on-line

A Covid-19 trouxe um cenário irreversível de utilização da tecnologia amigável nas empresas. Pudemos observar que o treinamento pode funcionar muito bem de forma remota. Estamos em abril de 2021 e, neste momento, as reuniões presenciais podem ser classificadas quase como uma irresponsabilidade, especialmente se observarmos que a tecnologia proporcionou uma alternativa extremamente eficiente ao formato da reunião ou treinamento com as pessoas confinadas em salas onde, segundo estudos científicos, o vírus se propaga com imensa desenvoltura.

Após um ano de pandemia, se você ainda não está familiarizado com plataformas como Zoom, StreamYard, Skype, Meet, Teams ou Cisco Webex, chegou o momento de você se atualizar. A boa notícia é que, além de serem conceitualmente todas muito parecidas umas com as outras, essas plataformas são fáceis de serem utilizadas. Mesmo para quem vai ter que coordenar uma reunião ou um curso, as ferramentas disponíveis podem tornar a sua apresentação até mais interessante do que a presencial. Para isso, é necessário ter atenção a alguns detalhes.


Pense na reunião, curso ou apresentação que você vai coordenar como um programa de TV. Comece pelos detalhes que contribuirão para um evento bem sucedido. Ajuste o cenário colocando o seu computador, com a câmera ligada, na posição em que ele estará na hora da apresentação. É importante que a câmera fique à altura dos seus olhos ou um pouco acima. Se você utilizar uma webcam externa de maior resolução, melhor ainda. Eu uso uma câmera DSLR conectada ao meu laptop. Aí comece a trabalhar o cenário que ficará atrás de você na imagem. O cenário deve ser simples, sem muitos elementos que possam desviar a atenção de quem está assistindo à sua apresentação. Isso não impede que você use alguns elementos nas laterais que confiram bom gosto ao aspecto geral da imagem. Uma luz frontal suave é a configuração mínima. Mas, com o tempo, você pode ir experimentando mais configurações como luzes de fundo e uma luz de cabelo para “soltar” a sua imagem do cenário.


Em relação à plataforma que será utilizada, treine! Há tutoriais para todas elas no YouTube. Quanto mais você treinar, mais dominará os recursos. E eles são muitos. Envolvem desde o compartilhamento de telas a marcações e utilização de outros dispositivos durante a apresentação. Falarei sobre isso no próximo artigo, analisando as principais plataformas. E, como não poderia deixar de ser, não esqueça de ter domínio absoluto sobre o assunto que você vai apresentar. Não adianta ter toda a parte técnica sob controle e escorregar no conteúdo que você vai transmitir. As pessoas percebem isso. Muito bem. Tudo pronto para sua apresentação!

Posts